Lâmpadas econômicas são produtos perigosos, dizem cientistas

Devido ao grande consumo de energia que as lâmpadas incandescentes apresentam, elas estão sendo banidas do mercado e, em breve, não encontraremos mais esse tipo de lâmpada.

Em seu lugar, estão sendo adotadas as lâmpadas fluorescentes compactas – CFL, e as de LEDs, que gastam menos energia.

Comparativo da potência e vida útil de lâmpadasComparativo da potência e vida útil de lâmpadas

Mas será essa uma solução viável, a troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes e de LEDs?

Aparentemente mais econômicas, as lâmpadas fluorescentes possuem em seu interior o temido mercúrio e outros metais pesados, muito prejudiciais à saúde.

Cientistas em todo mundo alertam sobre o perigo que essas lâmpadas representam para nós seres humanos e para todo o planeta.

O problema é que, uma vez quebrada, uma lâmpada fluorescente libera vapor de mercúrio não visível. O valor dessa emissão pode ultrapassar níveis recomendados para exposição humana, principalmente em ambientes fechados, onde existe pouca ventilação.

Pesquisadores argumentam que os testes usados pelas autoridades de saúde não conseguem captar todo o risco potencial das lâmpadas compactas porque elas liberam vapor de mercúrio continuamente quando se quebram.

“A emissão pode durar semanas e até meses, e a quantidade total de mercúrio que pode ser liberado em vapor a partir das lâmpadas fluorescentes mais novas muitas vezes pode exceder 1.0 mg,” afirmam.

Como o vapor de mercúrio pode ser facilmente inalado pelas pessoas, para evitar a contaminação é necessário sair do local por 15 minutos. É preciso que haja ventilação no ambiente para que os gases tóxicos possam ser eliminados, e seja feita a remoção rápida das lâmpadas fluorescente que foram quebradas, concluem os cientistas.

Na Alemanha diversos testes foram feitos com essas lâmpadas, e as pesquisas revelam algo mais assustador. Um novo estudo alerta que as lâmpadas fluorescentes compactas, assim como os LEDs, deveriam entrar para a lista de produtos perigosos.

O vídeo abaixo relata as pesquisas cientificas que foram feitas na Alemanha, mostrando a gravidade da contaminação com o mercúrio e outros problemas que as lâmpadas econômicas apresentam.


Luzes Tóxicas – O Lado Negro das Lâmpadas Economizadoras

Agora, conhecendo os perigos e cuidados que envolvem as lâmpadas econômicas, será fácil proteger você e sua família contra possíveis contaminações.

 

Nelson V. Soares
______________________________
Téc. em Eletrônica e Analista de Sistemas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu

Seu Futuro começa aqui!

+ de 360 cursos de CAD, CAM, arquitetura, engenharia, eletrônica, animação 3D, design, desenho técnico e games

Temos aqui um CUPOM especial para você!