Unreal: A Engine que Mudou o Mundo (dos Jogos)

Engines para games são ferramentas que auxiliam drasticamente na sua criação, pois nelas há um agrupamento de várias ferramentas e funções, como scripts, criação de animações, inteligência artificial, detecção de colisão e simulador de física. E a Unreal Engine é uma das engine para criação de jogos mais conhecidas no mercado, desenvolvida pela Epic Games. A empresa Epic Games surgiu em 1991, originalmente com o nome de Potomac Computer Systems, que logo alterou seu nome para Epic MegaGames. Até 1998 a empresa desenvolveu vários jogos distribuídos pelo modelo Shareware, que envolve a distribuição do jogo, porém em um formato de demonstração, onde o jogador pode usufruir de uma parte do conteúdo gratuitamente, sendo possível pagar um certo valor para ter acesso ao jogo completo.

Unreal_Engine_White_Logo
Fonte: http://goo.gl/n2dKMw

Foi a partir de 1998, com o lançamento do game Unreal, que a empresa começou a licenciar a Unreal Engine, que foi utilizada no desenvolvimento do mesmo. Já nesta época e nos anos seguintes, com a primeira versão, denominada Unreal Engine 1, haviam vários recursos disponíveis, como renderização, detecção de colisão, inteligência artificial, scripts, partidas online e gerenciador de arquivos, o que tornou a engine muito popular.

Na figura acima podemos identificar alguns games produzidos com o uso da Unreal Engine 1, como o Dr. Brain: Action Reaction, Unreal, The Wheel of Time e X-COM: Enforcer.

Em 2002 a empresa lançou sua segunda versão da engine, a Unreal Engine 2. Com essa nova versão foi adicionado um sistema de cálculo de física, o Kharma physics SDK, além de suporte para games desenvolvidos para GameCube e Xbox. Essa versão teve algumas atualizações como a versão 2.5, que possibilitou até mesmo desenvolver jogos para o portátil Nintendo 3DS.

Na figura acima há alguns exemplos de games que utilizaram a Unreal Engine 2. Dentre eles, Unreal Tournament 2003, America’s Army, Priston Tale 2 e Surf’s Up.

Com a versão 3 desta engine, lançada no final de 2006, várias melhorias foram feitas em relação à renderização, além da adição do uso de Shader 3.0 e cálculos de iluminação por pixel (ao invés de vértices, como era feito anteriormente). Esta versão inicialmente tinha suporte para Windows, Xbox 360 e Playstation 3, porém em 2010, os sistemas Android e iOS também foram adicionados na lista. Com as atualizações da engine, várias novas tecnologias foram adicionadas, como em 2013, que em conjunto com a Mozilla, foi apresentada a engine rodando no navegador Firefox, utilizando HTML5 e Javascript.

A partir desta versão, devido à dificuldade de uso comercial para desenvolvedores menores, a Epic Games resolveu lançar em 2009 a versão gratuita da sua engine, chamada de Unreal Development Kit (UDK). Esta versão, assim como a Unreal Engine 3, vem sendo atualizada até hoje.

Seu uso é tão interessante e realista, que até mesmo o governo, exército e marinha dos Estados Unidos, exército da China e a NASA utilizam a Unreal Engine em simulações.

Com a imagem acima são apresentados alguns usos da Unreal Engine 3, como nos games Batman: Arkham Asylum, Moonbase Alpha (game simulador desenvolvido pela NASA), Dark Void e Smite.

Em 2014 foi lançada a Unreal Engine 4, sendo que, segundo o vice presidente da Epic Games, Mark Rein, essa engine começou a ser desenvolvida desde 2003. Nesta versão, foi dada ênfase para a iluminação, tempo de renderização e tempo de iteração para poder testar as mudanças feitas nos projetos. Essa versão possui suporte para Windows, Linux, Mac OS, Xbox One, Playstation 4, HTML5, iOS e Android.

Na imagem acima temos o uso da Unreal Engine nos jogos Daylight, Ground Branch, Red Awakening e D4: Dark Dream’s don’t die.

Atualmente, após o lançamento da Unreal Engine 4, a Epic Games também tem uma preocupação em alcançar desenvolvedores pequenos e iniciantes, disponibilizando a engine a um custo baixo, porém através de mensalidades, além da distribuição para estudantes e professores gratuitamente. Recentemente, também, a Epic Games lançou a Unreal Engine Marketplace, onde os assinantes da engine podem comprar e vender seus conteúdos usados para desenvolvimento.

Não deixe de conferir o curso UDK Fundamentos da Render e comece a desenvolver seus jogos agora mesmo.

http://www.render.com.br/curso/udk-fundamentos

RelatedPost

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.