A Evolução do Livro

Inicialmente, as histórias eram marcadas em paredes, folhas de palmeiras, tijolos de barro, tábuas de madeira. A primeira inovação foi o papiro, que tinha como matéria-prima uma planta, a qual era encontrada na margem do rio Nilo. O papiro foi substituído pelo pergaminho, pois o mesmo se desmanchava rapidamente devido a umidade e, também, pegava fogo facilmente, ou seja, era muito frágil. O pergaminho, por sua vez, era feito de pele de animais e, por conta disso, tornava a escrita mais fácil e a durabilidade do material era maior.

pergaminho-rpg1
Pergaminho.
PapiroHarrisrRamesseIII
Papiro.

 

 

 

 

 

 

 

No século II, a partir do córtex de plantas, tecidos velhos e fragmentos de rede de pesca, os chineses inventaram o papel, o qual até hoje é conhecido como suporte de conhecimento e portador de ensinamentos. No final da Idade Média, Johann Gutenberg inventou o processo de impressão, que passava por três etapas: A gravação das letras na madeira, o mergulho da mesma na tinta e a passagem da tinta da madeira para o papel.

Processo de impressão.

Em 1442, o primeiro livro foi impresso em uma prensa e, em 1448, Johann Fust juntamente com Gutenberg funda a Werk der Buchei (Fábrica de Livros), onde foi publicada a Bíblia de Gutenberg, livro que tinha 42 linhas. Com o aumento da oferta de papel para impressão de jornais e livros, e com as inovações da tecnologia, o papel começou a se tornar popular e acessível.

391
Livro de Gutenberg.

Em 1971, a tecnologia deu mais um salto e, novamente, inovou o mundo da leitura com e-books. O candidato mais indicado como criador dos e-books é Michael Stern Hart, o digitalizador da Declaração de Independência dos Estados Unidos da América. Os e-books nada mais são do que livros digitais, os quais podem ser lidos em vários aparelhos eletrônicos como tablets, celulares, e também podem ser “lidos” através de sistemas de narração. Apesar de causar um certo estranhamento, há muitas vantagens em aderir os e-books, tais como o preço, a portabilidade, a fácil passagem dele para outros aparelhos (pen drives, cds, etc), entre outras.
A Render também se atualizou e uniu sua didática à tecnologia! Hoje temos cinco iBooks, que são e-books exclusivamente vendidos pela Apple, com conteúdos altamente profissionais e interessantes. Confira clicando nas imagens:

Curso Blender efeitos visuais

Curso Blender Fundamentos

Curso eletrônica aplicada Circuitos transistorizados

Curso Photoshop CS5 atualização

Curso Photoshop CS5 pintura digital fundamentos
Fontes:
http://www.usp.br/espacoaberto/arquivo/2002/espaco24out/vaipara.php?materia=0varia
http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luliradfahrer/2013/08/1321520-os-dois-lados-do-livro-digital.shtml

Aproveite as amostras gratuitas que estão disponíveis na loja:

Curso Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação

Curso Blender Fundamentos

Curso Photoshop CS5 Pintura Digital Fundamentos

Este post tem um comentário

  1. Obrigado este artigo vai-me ajudar no meu trabalho de educação tecnológica!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu

Seu Futuro começa aqui!

+ de 360 cursos de CAD, CAM, arquitetura, engenharia, eletrônica, animação 3D, design, desenho técnico e games

Temos aqui um CUPOM especial para você!