Author Archives: Nelson Vicente Soares

Como Utilizar a Instrução With/End With no Excel

Neste tutorial veremos como utilizar a instrução “With/End With” para simplificação da sintaxe dos códigos de programação nas macros do Excel.

Para obter mais informações e conhecer comandos e técnicas avançadas utilizadas no Excel, adquira o curso da Render: Excel 2013 Avançado (http://www.render.com.br/curso/excel-2013-avancado).

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Bobinas de uma Camada com Núcleo de Ar

O valor da indutância apresentada em um circuito, depende de muitos fatores. Os principais são: comprimento e disposição dos condutores.

O valor da indutância de uma bobina é determinado pelo tamanho e formato da bobina, número de espiras e do material de que é feito o núcleo. O espaçamento entre as espiras da bobina também influi no valor da indutância, principalmente em casos de frequências elevadas.

As bobinas de uma camada com núcleo de ar são construídas com as espiras enroladas lado a lado, sobre um tubo de material não magnético. Este tubo pode ser de cerâmica, papel, poliestireno, baquelite ou outro material não magnético.

Quando as espiras são colocadas muito próximas umas às outras é necessário isolá-las para evitar curtos-circuitos. Geralmente o isolamento dos condutores que compõem as espiras é feito com esmalte ou verniz.

Bobina-de-uma-camada-com-nucleo-de-ar

Figura 1 – Bobina de Uma Camada com Núcleo de Ar

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Como Utilizar os Instrumentos do LabVIEW no Multisim

Poder interagir no Multisim com os instrumentos elaborados no LabVIEW é um grande recurso que amplia a utilização do software para o desenvolvimento de diversos projetos técnicos e acadêmicos.

No site da comunidade da National Instruments, temos acessos a diversas análises e instrumentos virtuais criados no LabVIEW que podem ser utilizados no Multisim, mas, não é necessário instalar o software LabVIEW para usar as ferramentas. Após o download, ao utilizar o Multisim, essas análises serão instaladas automaticamente.

Vejamos então um exemplo de como utilizar esses aplicativos. Acesse o site da comunidade: https://decibel.ni.com/content/groups/multisim-custom-simulation-analyses-and-instruments-powered-by-labview?view=overview

Do lado direito da página, acesse os modelos de aplicativos desenvolvidos pelos membros da comunidade.

Em cada pasta, encontram-se as áreas de aplicação dos instrumentos e análises. Devemos clicar em uma dessas pastas para baixar o instrumento que desejamos adicionar ao Multisim.Area-de-aplicacao-dos-instrumentos

Áreas de Aplicação dos Instrumentos

Depois, devemos clicar no arquivo zipado para fazer o download do aplicativo que escolhemos. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Amplificadores Classe A

Amplificadores possuem uma forma de classificação feita de acordo com a variação do sinal de saída, havendo as classes A, AB, B e C, chamadas de classes de operação. Dentre estas classes, trataremos sobre os amplificadores classe A, onde o sinal de saída deve ser uma cópia exata do sinal amplificado à sua entrada.

Dizemos que um amplificador de sinais funciona em classe A quando todo o ciclo do sinal é amplificado.

Amplificador-classe-A

Amplificador classe A

Função dos componentes

Q1: transistor amplificador

R1 e RB: polarizam a base de Q1 com DC

RC: resistor de coletor

RE: resistor de emissor

CA1: capacitor de acoplamento → impede que a tensão de polarização (DC) da base (VB) chegue à bobina do microfone, o que provocaria a despolarização de Q1

CA2: capacitor de desacoplamento → impede que a tensão contínua do coletor vá para outros circuitos do aparelho

CE: capacitor de desacoplamento → faz com que o emissor de Q1 fique ligado ao outro terminal do microfone, pois Q1 está ligado na configuração emissor comum que tem o sinal de entrada entre a base e o emissor, e o sinal de saída entre o emissor e o coletor. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Lâmpadas econômicas são produtos perigosos, dizem cientistas

Devido ao grande consumo de energia que as lâmpadas incandescentes apresentam, elas estão sendo banidas do mercado e, em breve, não encontraremos mais esse tipo de lâmpada.

Em seu lugar, estão sendo adotadas as lâmpadas fluorescentes compactas – CFL, e as de LEDs, que gastam menos energia.

Comparativo da potência e vida útil de lâmpadasComparativo da potência e vida útil de lâmpadas

Mas será essa uma solução viável, a troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes e de LEDs?

Aparentemente mais econômicas, as lâmpadas fluorescentes possuem em seu interior o temido mercúrio e outros metais pesados, muito prejudiciais à saúde. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Novas Análises e Instrumentos Personalizados para Multisim

O Multisim possui mais de 22 instrumentos virtuais e 20 instrumentos de análise avançada (simulação SPICE). Esses recursos são de muita utilidade para conhecer o comportamento de um circuito, analisar simulações distintas e muito mais.

Entretanto, em certas ocasiões é necessário a geração de um sinal em particular, ou a realização de uma análise mais específica. Para auxiliar nesses desafios, agora temos  Análises e Instrumentos Personalizados no Multisim, que é uma série de ferramentas que ampliou a capacidade de análise do Multisim.

Instrumento-personalizado-para-multisimFigura: Instrumento Personalizado para Multisim
Fonte: http://s372.photobucket.com/user/winfd100/media/2012/Marzo/multisim_grapher_2.png.html

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O avanço da eletrônica na indústria

Até algumas décadas atrás, grande parte do maquinário utilizado nas indústrias era eletromecânico e as válvulas termiônicas eram a base dos circuitos eletrônicos. Apesar de apresentarem grandes vantagens, estes maquinários demandavam grande consumo de energia elétrica, tornando-se restritos para algumas empresas.

As válvulas para essas aplicações eram especiais e, portanto, de custo elevado, pois as válvulas comuns não serviam para realizar a função de chave eletrônica, o que os SCRs e os TRIACs fazem com a maior facilidade. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Sensores e Transdutores

Os circuitos eletrônicos podem ser projetados para piscar repetidamente uma luz, tocar uma nota musical, entre outros. Porém, para que um circuito eletrônico possa executar qualquer tarefa útil, ele precisa ser capaz de se comunicar com o “mundo real”. Para que isso ocorra, os circuitos necessitam de certos dispositivos que permitam fazer a leitura de dados.

1Fonte: http://goo.gl/cDmgMy

Em outras palavras, um circuito eletrônico deve ser capaz de fazer alguma coisa e, sensores ou transdutores, são componentes perfeitos para executar alguma tarefa.

A palavra transdutor é um termo genérico utilizado para a definição de sensores. Um transdutor é um dispositivo capaz de detectar uma larga variedade de diferentes formas de energia, tais como movimento, sinais elétricos, radiação, energia térmica ou magnética, etc. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Aprenda Como Fazer Ajustes no Osciloscópio

O osciloscópio é um dos instrumentos mais utilizados em testes de laboratório, pois permite visualizar os sinais em diferentes pontos do circuito. Com a sua utilização, podemos monitorizar os sinais na entrada e na saída de cada bloco do sistema, verificando quais deles estão funcionando corretamente.

Com um pouco de prática, o técnico é capaz de encontrar e corrigir falhas com rapidez e precisão.

A figura a seguir, mostra um osciloscópio digital Tektronix modelo MSO4104.  Embora existam marcas e modelos diferentes, esses aparelhos seguem um padrão de comandos, tendo controles semelhantes.

Entretanto os osciloscópios digitais possuem mais recursos dos que os analógicos, e com isso possuem mais controles em seu painel.

osciloscopio-mso4104Osciloscópio Digital Tektronix MSO4104 Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Como Calcular o Valor de um Resistor

O valor da resistência é marcado no corpo do resistor através de cores. Cada cor representa um número diferente a qual você pode memorizar para fazer a leitura ou pode simplesmente usar uma tabela.
Mas se você não quer memorizar as cores que definem os valores, poderá utilizar “softwares” para leitura de resistências. No entanto, você deve optar pela opção que achar mais conveniente. Neste artigo eu vou mostrar todas as formas de calcular o valor do resistor.
Na figura abaixo, temos uma tabela com os códigos das cores, as faixas, os multiplicadores decimais e tolerância.

Tabela de Cores de Resistores 
Resistores - 01Figura – Tabela-resistores
Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
1 2 3 4 5