Bauhaus, a escola que revolucionou o Design

A Bauhaus, ou Casa de Construção, foi uma escola alemã de artes e arquitetura que surgiu após a primeira Guerra Mundial, e tinha como proposta uma arte funcional, não apenas decorativa, mas sim que atendesse às necessidades da sociedade industrial e tornasse mais harmonioso o cotidiano das pessoas.

bauhaus1_menor

A escola foi criada em 1919 pelo arquiteto Walter, em Weimar, a partir da fusão de duas outras escolas alemãs, a Escola Superior de Belas-Artes e a Escola de Artes e Ofícios.

Na época em que a escola surgiu, a produção industrial ganhava destaque e havia necessidade de romper com o passado. Desta forma, um dos objetivos principais da Bauhaus foi unir artes, artesanato e tecnologia. Para isso a escola buscou tirar as artes do isolamento, incentivando os artesãos a trabalharem de forma cooperativa combinando suas habilidades e técnicas. Além disso, elevou o status das peças artesanais (cadeiras, luminárias, etc.) ao nível de obras artísticas. A qualidade técnica e artística dos produtos desenvolvidos pelos designers da Bauhaus foram reconhecidas tanto pelo produtor da época quanto pelo consumidor.

Durante toda a sua existência, a Bauhaus conseguiu reunir importantes criadores de diversas nacionalidades, os quais fixaram alguns conceitos de estética que prevaleceram em todo o mundo durante o século passado e que continuam valendo até hoje. Dentre eles estão: Wassily Kandinsky, Paul Klee, Josef Albers, Herbert Bayer, Laszló Moholy-Nagy, Max Bill, Lyonel Feininger, Johannes Itten e Mies Van der Rohe.

Os conceitos abordados por eles têm como princípio a funcionalidade racional dos objetos, ou seja, a função passou a receber mais importância do que os ornamentos, simplificando volumes, formas (geometrização), e o uso predominante de linhas retas e cores sólidas.

Durante vários momentos a Bauhaus sofreu mudanças por causa do governo nazista e, em 1933, a escola teve de ser fechada, pois alegavam que a escola estimulava características não germânicas.

Apesar do seu fechamento, os escritos e métodos da Bauhaus se difundiram e ganharam força nos principais centros de arte do mundo devido à migração de diversos professores para outros países, influenciando currículos de escolas de design e arquitetura a partir da metade do século passado.

A união de arte, engenharia e artesanato, proporcionada pela Bauhaus, resultou em inovação. A escola revolucionou o design moderno ao buscar formas e linhas simplificadas, definidas pela função do objeto, por isso, até hoje vivenciamos um design mais funcional.

bauhaus2

Produtos desenvolvidos por membros da Bauhaus.

Referências:

MACHADO, Ofélia Gomes; DELMONEGO, Lia Carolina. A importância da escola Bauhaus na formação do designer. Revista Univille, Joinville (SC) , v.9, n.2 , p. 68-76, dez. 2004.
Itaú Cultural 
Cosac Naify
Mais Design
Estágio de Artísta
Mundo estranho
Pop camaleão
Gizmodo

Related Posts with Thumbnails

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *