A História do CAD

O uso de softwares para ajudar a desenvolver projetos de engenharia não é novidade. Afinal, já no começo da década de 50 começaram a surgir protótipos e máquinas para auxiliar no desenvolvimento de projetos relacionados a redes elétricas.

Computer_Aided_Design

 Fonte: http://www.action-engineering.com/MBEDictionary/DictionaryIllustrations/Computer_Aided_Design.jpg

Não demorou muito para estas máquinas e, mais tarde, softwares começarem a ser chamados de CAD, do termo em inglês Computer-aided design (desenho auxiliado por computador). O homem creditado por esse termo foi o cientista da computação Douglas Taylor Ross, que, na época viu, o quão importante poderia se tornar o uso destas ferramentas.

Na década de 60, as ferramentas CAD começaram a ser utilizadas na criação de aeronaves, automóveis e componentes eletrônicos. Um dos programas CAD, que foi base para os outros, foi o UNISURF, desenvolvido pelo engenheiro francês Pierre Bézier, da fabricante de carros Renault.

O fato de funcionários de empresas fabricantes e montadoras de carros ou até mesmo aviões criarem seus próprios sistemas CAD se tornou corriqueiro, pois essas ferramentas eram de extrema importância, mas, ao mesmo, tempo tinham um custo muito elevado. Funcionários da GM, Ford e da Boeing estavam sempre atentos a desenvolver ou melhorar os próprios sistemas CAD.

O Sketchpad surgiu na mesma época, através de vários estudos no MIT, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, pelo programador Ivan Sutherland. Este software foi um grande avanço para os CADs, pois, com ele, o usuário podia desenhar no monitor através de uma caneta.

Sketchpad-Apple

Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/7/7b/Sketchpad-Apple.jpg

Foi na década de 70 que começaram a surgir aplicações 3D em CADs, porém, ainda muito rudimentares, se assemelhando a desenhos manuais de objetos 3D, e na década de 80, surgiram os desenhos sólidos nos CADs.

No ano de 1977, surgiu a empresa francesa Dassault Systèmes desenvolvedora do CATIA (1977), e posteriormente, do SolidWorks (1995), liderado pelo engenheiro de aeronaves Francis Bernard.

Em 1982 surgiu então a empresa Autodesk, que iniciou com a produção do Software AutoCAD em 2D (e posteriormente o Inventor em 1999).

Foi também na década de 80 que surgiram os primeiros computadores pessoais, desenvolvidos pela IBM. Com este avanço, várias empresas começaram a tomar proveito para criar softwares CAD para PCs. Para alavancar as vendas, a Dassault e a IBM fecharam um acordo de vendas mútuas de produtos, o que foi muito rentável para as duas empresas.

Além da Dassault Systèmes e da Autodesk, empresas como Adra Systems (com o CADRA 2D CAD), Bentley Systems (com a implementação para PC do Intergraph’s IGDS CAD), a Micro-Control Systems (com o CADKEY), Unigraphics (com o NX Unigraphics), entre outras, surgiram na mesma época e já começaram a distribuir seus próprios softwares CAD. Porém, se tem notícias de muito poucas destas empresas.

autocad_pc_at

Fonte: http://virtualdimension.files.wordpress.com/2010/03/autocad_pc_at.jpg

Em 1984, o primeiro Macintosh 128 (da Apple) foi distribuído e, no ano seguinte, a empresa Diehl Graphsoft foi fundada e já começou a vender o MiniCAD, que se tornou rapidamente o CAD mais vendido para sistemas Mac.

DRWINAFT

 Fonte: http://www.sanedraw.com/LEARN/OVRV00_1/OV150/DRWINAFT.GIF

Com o crescente uso do Sistema Operacional UNIX os softwares CAD da Dassault Systèmes e da Unigraphics começaram a ter suas versões para este sistema.

Um grande avanço nos Softwares CAD foi o lançamento do Pro/Engineer da Parametric Technology em 1987-1988, atualmente conhecido como PTC Creo, que trouxe um grande aproveitamento de construção de sólidos paramétricos, baseados em recursos (features) e modelagem associativa de sólidos.

Devido à grande necessidade de automatização, principalmente na área de engenharia aeronáutica, a década de 90 teve uma crescente venda de softwares CAD, além de gerar uma grande disputa entre as empresas que os desenvolviam. Entre as maiores empresas da disputa, estavam a Dassault Systèmes, a Parametric Technology, a Unigraphics e a Autodesk.

Ao final da década de 90, com o avanço da Internet, começaram a surgir os primeiros softwares CAD que funcionavam online, possibilitando a visualização de projetos através dos navegadores. A empresa líder nessa nova tecnologia foi a Dassault Systèmes, que aproveitou os conhecimentos obtidos pela integração de programas CAD na rede da Boeing durante a produção do Boeing 777. Para a Autodesk, apenas em 2000 foi lançada a primeira versão do AutoCAD para a internet.

A Dassault, também no final da década de 90, começou a comprar várias empresas desenvolvedoras de softwares CAD, como o SolidWorks (fundada em 1993) e Deneb Robotics (fundada em 1985). E, em 1999, a Autodesk lança mais um Software CAD, o Inventor, para acirrar a competição com as outras empresas.

Antes dos anos 2000, várias empresas que não tiveram tanto sucesso neste mercado começaram a desaparecer. Hoje em dia, tanto a Dassault Systèmes quanto a Autodesk são líderes no desenvolvimento de softwares CAD entre outros ramos, sendo que para a maioria dos softwares desenvolvidos são criadas novas versões anualmente, com várias adições muito interessantes para o desenvolvimento de projetos 3D.

Não deixe de conferir os cursos da Render para começar ou aprimorar seus conhecimentos com uso de softwares CAD.

http://www.render.com.br/cursos/autocad

http://www.render.com.br/cursos/solidworks

http://www.render.com.br/cursos/inventor

http://www.render.com.br/cursos/catia

http://www.render.com.br/cursos/solid-edge

Related Posts with Thumbnails

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *