Como fazer impressões 3D – Chave Inglesa (SolidWorks)

Nesse tutorial veremos como exportar um arquivo nativo do SolidWorks para impressão 3D. O modelo utilizado foi desenvolvido passo a passo, e criado sua montagem no curso SolidWorks 2015 Exemplos Práticos, da Render.

Chave Inglesa

Imagem do Curso

Primeiramente, você deve verificar se todos os componentes e a montagem estão feitos corretamente. Depois disso, tenha em mente que a montagem que o SolidWorks executa não possui nenhum grau de tolerância, uma peça está completamente em contato com a outra. Isso será fatalmente um problema para a impressão 3D, pois ela não é tão precisa quanto a restrição no SolidWorks. Por isso é importante deixar uma certa tolerância para que o encaixe também possa ser realizado no modelo físico, incluindo sua movimentação real, se assim existir. Continue lendo

Aprenda na Prática a criar modelos com o SolidWorks

SolidWorks Exemplos Práticos - Capa

A Render Cursos lançou recentemente o curso SolidWorks 2015 Exemplos Práticos, que mostra na prática como utilizar os recursos do SolidWorks para desenvolver projetos reais, criando peças, montando, detalhando e renderizando. O curso utiliza como exemplos os seguintes modelos: uma cadeira de rodas, um saca-rolhas, um ventilador de mesa e uma chave inglesa.

Ele é destinado a estudantes, engenheiros, projetistas, designers, técnicos e demais profissionais que desejam se aperfeiçoar no uso do SolidWorks, além daqueles que desejam se atualizar nesta nova versão e todos que desejam desenvolver projetos reais usando este software.

Continue lendo

Dicas SolidWorks: Salvando Imagens PNG

Em junho aprendemos algumas dicas voltadas aos comandos de atalho do SolidWorks. Em setembro aprendemos a utilizar os recursos para Pesquisar Comandos. Se você vem aplicando aquilo que aprendeu nos artigos, é bem provável que seu desempenho e agilidade no software aumentaram.

Neste artigo aprenderemos a salvar imagens do SolidWorks em PNG e veremos quando fazer isso.

Logo SW

O primeiro passo é saber o motivo de salvar uma imagem em PNG. Eu poderia salvar simplesmente em JPG e pronto, porém, o motivo de se utilizar a extensão PNG é pela possibilidade de remover o background ou plano de fundo.

Quem opta por salvar nessa extensão é bem provável que queira utilizar em um documento de apresentação, como por exemplo, para descrever o produto.

Em jpg

Imagem salva em jpg para utilização em catálogo

Em png

Imagem salva em png para utilização em catálogo

Continue lendo

Como Utilizar a Instrução With/End With no Excel

Neste tutorial veremos como utilizar a instrução “With/End With” para simplificação da sintaxe dos códigos de programação nas macros do Excel.

Para obter mais informações e conhecer comandos e técnicas avançadas utilizadas no Excel, adquira o curso da Render: Excel 2013 Avançado (http://www.render.com.br/curso/excel-2013-avancado).

Entendendo o uso de Viewports e Backgrounds no Rhinoceros

Quando abrimos um novo arquivo no Rhinoceros, nos deparamos com 4 “campos”. Esses espaços, são conhecidos como viewports, eles são na verdade vistas de um mesmo ambiente, ou seja, são como vistas do desenho técnico de uma peça, normalmente pré-determinadas pelo Rhino como: Top (vista de topo), Front (vista frontal), Right (vista lateral direita) e Perspective (vista em perspectiva). Essas servem para auxiliar a construção do nosso modelo, principalmente na fase inicial.

interface 02

Viewports

As viewports podem ser modificadas de acordo com nossa necessidade, podemos alterar seus tamanhos, clicando e arrastando as bordas das vistas ou, também, alterar a quantidade através dos comandos Viewport Layout no menu superior de ferramentas. Continue lendo

Como importar .skp no SketchUp 2014

Com o Google SketchUp é possível desenvolver projetos 3D de forma fácil e produtiva para diversos usos, como engenharia, arquitetura, construção civil, design de games e carpintaria. É possível, também, encontrar modelos prontos e extensões para o programa em bibliotecas como “3D Warehouse” e “Extension Warehouse”, respectivamente. sketchup-logo

Fonte: http://revitall.files.wordpress.com/2014/03/sketchup-logo.jpg

Na mais nova versão do Software, SketchUp 2014, disponível gratuitamente em http://www.sketchup.com/pt-BR/products/sketchup-make, existem vários novos recursos para uso, porém, para quem não paga, o programa limitou algumas funções, como a importação e exportação de arquivos .dwg, o que, para muitos, acaba sendo uma grande perda. Continue lendo

Como Modelar uma Corda no SolidWorks

Neste tutorial aprenderemos a modelar uma corda no SolidWorks.SW14 - Como Modelar uma Corda

Utilizaremos o recurso Ressalto/Base Varrido (Sweep) e a ferramenta de esboço “Spline”.

O caminho da corda poderá ser criado em esboço 2D ou 3D, isso você que deverá escolher.

O resultado poderá variar, dependerá do estilo do caminho, da quantidade de feixes e de torção e do diâmetro dos perfis. Continue lendo

Como utilizar a Biblioteca do SolidWorks 2014

Neste tutorial aprenderemos algumas funções bem úteis da Biblioteca do SolidWorks.
SW14
Existem várias aplicações que podem ser feitas, isso varia muito da finalidade que você irá escolher. Basicamente a biblioteca tem a função de acelerar seus projetos, por incluir peças bases, recursos, ferramentas de conformação ou blocos pré-definidos.

Assista ao tutorial. Continue lendo

Aprenda a Criar peças usando Instant 3D no SolidWorks 2014

Neste tutorial conheceremos o recurso “Instant 3D, utilizando a versão 2014 do SolidWorks.SW14-CapaEsse recurso tem por função criar e editar peças de forma direta, sem a necessidade de abrir cada esboço ou recurso para alterar os valores das dimensões. Com isso, tem-se uma facilidade na criação e edição da peça e uma agilidade na manipulação das dimensões.

Assista ao tutorial. Continue lendo

Como Medir a Indutância das Bobinas

O valor da indutância apresentada em um circuito depende de muitos fatores, como por exemplo: comprimento e disposição dos condutores.

O valor da indutância de uma bobina é determinado pelo tamanho e formato da mesma, número de espiras e o material de que é feito o núcleo. O espaçamento entre as espiras da bobina também influi no valor da indutância.

A fórmula que permite calcular a indutância de uma bobina é:

formula 1

Onde:
L: indutância, em henry (H).
N: quantidade de espiras (número puro).
µ: (lê-se “mi”) permeabilidade do material do núcleo (número puro).
l: comprimento da bobina, em milímetros (mm).
A: área da espira, em milímetros quadrados (mm²).
1,26 e (10)^7 são constantes.

Entretanto, em bobinas com núcleo de ferro, o valor exato da permeabilidade do material magnético é difícil de determinar, devido aos tratamentos aplicados ao material. Na prática, é melhor medir a indutância com um medidor apropriado (indutímetro, ressonímetro ou medidor de campo), porém, a fórmula é útil para determinar a ordem de grandeza da indutância da bobina. Continue lendo

1 2