Máquinas Virtuais: Como Utilizar o VirtualBox

Icone VirtualBox

Em junho, vimos um pouco sobre o que são as tais máquinas virtuais, ferramentas muito presentes no mundo da informática e desenvolvimento de softwares. Hoje, iremos ver mais detalhadamente como é a interface do VirtualBox e como utilizá-lo para montar a sua primeira máquina virtual.

 

Inicialmente, precisaremos baixar o VirtualBox. No caso de softwares mais complexos como ele, sempre é recomendado utilizar a versão mais recente, que podemos encontrar no site oficial, seguindo este link: https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

Em nosso caso, estamos utilizando o sistema Windows 8.1 como host, portanto, precisaremos baixar o VirtualBox para sistemas Windows, conforme abaixo:

VirtualBox - Baixando

Após baixar o instalador do VirtualBox, basta executar o arquivo e prosseguir com as instruções de instalação que serão apresentadas na tela, como um instalador qualquer. Iremos prosseguir as instruções com o VirtualBox já instalado, portanto, caso encontre dificuldade na instalação dele, pode deixar um comentário abaixo! Continue lendo

Máquinas Virtuais: O que são e para que servem

Maquinas Virtuais

Quem lida muito com informática no seu dia-a-dia provavelmente já ouviu falar nas máquinas virtuais, ferramentas muito utilizadas por programadores e pessoas responsáveis por departamentos de suporte técnico. Porém, nem todos os adeptos à informática conhecem estas ferramentas, então, aprenderemos a seguir um pouco mais sobre as máquinas virtuais.

Basicamente, as máquinas virtuais são emulações de um computador rodando a partir de outro. Ou seja, um programa que emula o funcionamento inteiro de um computador – incluindo todo o hardware – sem que você precise usar um computador separado.

Além disto, a máquina virtual pode utilizar um sistema operacional distinto do sistema que você utiliza no seu computador físico. Dentro da informática, para diferenciar um do outro, chamamos o sistema instalado no computador físico de “host”, ou hospedeiro, e o sistema instalado na máquina virtual de “guest”, ou hóspede.

Existem várias opções de máquinas virtuais disponíveis atualmente. Continue lendo

Como escolher um sistema operacional?

São tantos os sistemas operacionais que até ficamos em dúvida de qual utilizar.

Procuramos acompanhar a evolução e manter nossos computadores atualizados, com a última versão do Windows, e sempre surge outra mais recente e dentro de pouco tempo tudo que é novo vira velho.

Bem, é assim que funciona não é? Parece que sim!

Mas não vamos desvirtuar do assunto.

O sistema operacional ideal é aquele que vai de encontro às necessidades do usuário. Assim como um marceneiro utiliza as ferramentas certas para cortar madeira, o sistema deve ser visto como a ferramenta certa para a função que vai desempenhar.

 

As principais opções do mercado atual são o Windows, Linux e o MacOS.

Sistemas-Operacionais-01

Continue lendo

AutoCAD no Linux? não, é DraftSight que está chegando!

Draftsight é um ótimo software grátis para profissionais na área de CAD 2D.

Em breve este software estará disponível também para linux, o que será uma enorme vantagem para utilizadores, estudantes e profissionais de toda a parte.

O lançamento será em aproximadamente um ou dois meses, segundo os desenvolvedores do software.

O Draftsight permitirá ao usuário criar, editar e visualizar arquivos DWG utilizados no AutoCAD.

Para maiores informações acesse a página do desenvolvedor:
www.3ds.com

Lembrando que o DraftSight também está dísponivel para plataforma Windows, Veja o vídeo abaixo:

Ubuntu para seres Humanos! Ubuntu… Por que não usar?

Eu, como um usuário Windows, quando ouvi falar em Linux fiquei muito interessado em uma nova opção para interação com meu desktop, pois já havia passado por muitos problemas com vírus e também muitas bluescreen, conhecidas também como tela da morte.

Fiz uma breve pesquisa na internet e acabei conhecendo “um” Linux com o “nome” Slackware e baixei uma cópia do site oficial http://www.slackware.com/. Consegui um computador um pouco mais antigo para fazer alguns testes e confirmar se realmente era bom esse tal Linux… quando me deparei com uma tela preta, cheia de números e letras, lembrando muito um velho conhecido, o “MS-DOS”.

Continue lendo