3D na sua casa!

Esses dias estava andando pelo shopping quando vi uma televisão 3D – isso mesmo, agora você pode do seu sofá desfrutar a incrível sensação que os filmes 3D nos proporcionam!
Com o avanço da tecnologia em diversos ramos, a televisão foi um dos objetos que mais evoluiu. Primeiro, houve a mudança da TV preto-e-branco para a colorida. Depois, os fabricantes começaram a oferecer televisores em formatos maiores. Na última década fomos envolvidos pelos modelos de plasma e LCD. Atualmente o que encanta nossos olhos são os televisores de alta definição (HDTV) juntamente com os modelos de LED. E, mais atualmente ainda, os recém-lançados modelos 3D.

Os modelos 3D chegam com tudo no mercado, e prometem revolucionar a experiência de sentar para assistir TV.

A tecnologia empregada na exibição das imagens nesses aparelhos é um pouco diferente daquela em que a imagem possui “sombrasvermelhas e azuis que estamos acostumados a ver.

O processo de exibição nesses televisores se baseia no chamamos de “óculos ativos”, ou seja, eles controlam quando cada um de seus olhos pode ver a tela.
Basta você selecionar uma função no aparelho televisor, e o que chamamos de “óculos ativos” começa a funcionar.
Estes óculos possuem lentes de LCD e podem conectar-se com o televisor por sensores infra-vermelhos, ou seja, não há a necessidade de fios. Os fabricantes afirmam que estes óculos são muito confortáveis.

Enquanto isso, no televisor, o processo de exibição consiste no seguinte processo: à medida que o conteúdo 3D aparece na tela, a imagem alterna entre dois conjuntos da mesma imagem. Os dois conjuntos estão deslocados um do outro, no qual um representa a exibição para o olho direito e outro para o olho esquerdo de modo similar àqueles tradicionais vermelhos e azuis. Os dois conjuntos de imagens são mostrados ao mesmo tempo, eles ligam e desligam a uma taxa de velocidade incrível.

Para dar a noção de profundidade na imagem, as lentes LCD dos óculos alternam entre ser transparente e opaco à medida que as imagens se alternam na tela. O olho esquerdo apaga todas as luzes quando a imagem do olho direito aparece na televisão e vice-versa. Isso acontece tão rápido que sua mente não pode detectar as lentes piscando. Esse “liga-desliga” da imagem chamamos de flicker.

Esse sistema pode ser desligado a qualquer momento. De forma que você poderá usufruir de seu televisor também na função 2D quando quiser.
Vale lembrar que alguns cuidados precisam ser tomados. Sessões muito longas podem ser estressantes para os olhos e é recomendada uma distância mínima de dois metros do aparelho. Alguns modelos possuem um sensor que bloqueia a imagem quando detectam uma pessoa mais perto que essa distância sugerida.
Gostou dessa ideia? Então fique com mais vontade ainda depois de ver esse vídeo:

Para saber mais sobre a tecnologia 3D, leia novamente o artigo que foi publicado neste blog em julho de 2010 3D, Só falta sair da tela!

Algumas sugestões de modelo, vejam:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu