Construção Verde ou Sustentável

Hoje em dia está cada vez mais visível que o meio ambiente precisa urgente de uma intervenção no sentido de barrar o consumo de recursos finitos como água e energia elétrica, e alteração do seu meio.

Primeiramente, vamos entender o que é Construção Verde. Construção Verde é aquela que visa alterar o mínimo possível o meio ambiente, usando novas técnicas e materiais para que a obra seja parte da natureza que a cerca, e não tomando parte dela.

Com novas tecnologias sendo melhoradas a cada dia, é possível alcançar o sucesso de uma obra em sua integração com o meio ambiente. Como exemplo de materiais temos blocos e tijolos fabricados com sobras da própria obra, sistemas de aquecimento solar de água e tratamento de águas com sistemas de filtros e drenagem que minimizam e melhoram o consumo.

Além dessas novas técnicas e tecnologias, procedimentos simples podem fazer a diferença na hora de construir. Podemos citar primeiramente a procedência da madeira que será usada na obra. Já é fácil encontrar por aí lojas sérias de comércio de madeira, que comprovam que tal peça é proveniente de reflorestamento ou manejo florestal regular.

A ideia de construção verde pode parecer nova, porém é uma tendência –necessária- que a cada dia toma mais espaço. Obter o sucesso em uma obra verde, deixando-a sustentável é de fundamental importância para o indivíduo e o planeta. Podemos chamar uma obra de sucesso, quando ela não apenas não esgota os recursos empregados para a sua construção e uso, mas também porque sustenta aqueles que a habitam e interagem com o seu meio.

A verdade é que essa visão deveria ser parte do pensamento de qualquer projeto ou ideia de construção ou habitação futura.

Figura 1 – Painéis Solares

Porém, o principal inimigo da construção sustentável está justamente na visão das pessoas. Quando se fala que vai encarecer a obra, toda a ideia de sustentabilidade vem por água abaixo, mesmo provando que com o tempo a economia dos recursos não usados no futuro serão maiores que os gastos com a obra.

Figura 2 – Reaproveitamento da energia solar.

Exemplos disso são: a instalação de sistema de placas solares para armazenar energia em baterias , que diminuirá o consumo de energia elétrica; sistema de o aproveitamento de água da chuva, que também acarreta uma economia de água potável; instalação de difusores de luz solar para aproveitar a luz solar como lâmpada; aplicação de isolantes térmicos no telhado, diminuindo o uso de ar-condicionado, etc.

Figura 3 – Isolamento Térmico.

Com o tempo podemos esperar melhoras e barateamento dessa nova tendência que é a construção sustentável. Mesmo assim é função de todos defenderem a ideia e divulgá-la a todos, para que o homem possa interagir com a natureza de forma pacífica. O nosso planeta agradece!

Autor: Ricardo Jr.

http://ricardojr3d.blogspot.com/

Artigos Relacionados

Um comentário

  • gostei .
    mas queria saber quais sao as dificuldades para a difusão dessa tecnologia
    grata………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.