Tag Archives: renderizacao

Diferenças entre Renderização em Tempo Real e de Animação

Você já se pegou jogando algum videogame e se perguntou “Como é possível gerar essas imagens tão rapidamente”? Afinal, como alguns sabem, para um jogo várias imagens demoram frações de segundos para serem geradas, já para o cinema e animações, cada imagem demora minutos, senão horas para ficarem prontas.

Imagem de jogo: Allison Road. - http://www.allisonroadgame.com/assets/img/10.jpg

Imagem de jogo: Allison Road. – http://www.allisonroadgame.com/assets/img/10.jpg

Afinal, o que diferencia um do outro?

Pois bem, há alguns fatores por trás disso tudo. Para entender melhor, devemos conhecer as principais diferenças entre os sistemas que processam essas imagens. Hoje em dia, quase todos os softwares de renderização utilizam o processador, comumente chamado de CPU (Central Processing Unit, ou unidade central de processamento), para poder gerar o resultado final das animações. O processador fica encarregado de calcular basicamente qualquer coisa no computador, desde uma simples conta matemática, até, isso mesmo: gerar imagens de programas 3D. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Aprenda na Prática a criar modelos com o SolidWorks

SolidWorks Exemplos Práticos - Capa

A Render Cursos lançou recentemente o curso SolidWorks 2015 Exemplos Práticos, que mostra na prática como utilizar os recursos do SolidWorks para desenvolver projetos reais, criando peças, montando, detalhando e renderizando. O curso utiliza como exemplos os seguintes modelos: uma cadeira de rodas, um saca-rolhas, um ventilador de mesa e uma chave inglesa.

Ele é destinado a estudantes, engenheiros, projetistas, designers, técnicos e demais profissionais que desejam se aperfeiçoar no uso do SolidWorks, além daqueles que desejam se atualizar nesta nova versão e todos que desejam desenvolver projetos reais usando este software.

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Apresente projetos impressionantes com o Showcase

Você já desenvolveu projetos arquitetônicos, automobilísticos, mecânicos, entre outros, e ficou em dúvida ou teve dificuldades na hora de apresentá-los?

Então você precisa conhecer o software Autodesk Showcase! Este programa é ideal para você apresentar seus projetos, pois é fácil de usar e garante resultados impressionantes.

21

A Render te ajuda a operar o Showcase, disponibilizando o curso: Showcase 2015 Apresentação de Projetos, onde você aprenderá desde o uso básico do programa até as técnicas profissionais para criar belas apresentações. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Dicas de Como Aprender AutoCAD para Arquitetura, Engenharia e Construção

Existem vários softwares específicos para a área AEC (Arquitetura, Engenharia e Construção), mas podemos dizer que hoje o mais utilizado ainda é o AutoCAD. Existe uma base imensa de desenhos feitos neste software e uma multidão de profissionais e empresas que utilizam o mesmo, então nada melhor que iniciar sua carreira aprendendo a utilizar o AutoCAD, e depois softwares direcionados para cada fim.

Descrevemos aqui algumas dicas para quem deseja entrar na área, mas também para aqueles que desejam se aprimorar no uso do software AutoCAD:

Para quem deseja iniciar na área, ser um “Cadista” em AEC.

Os requisitos de conhecimento para estar na área são: compreender desenho técnico arquitetônico, e saber utilizar o AutoCAD com habilidades para desenvolver desenhos do início ao fim, criando um documento padronizado e de boa qualidade.

A Render possui cursos bem direcionados para esta área, e o aprendizado sugerido segue uma sequência, conforme os cursos abaixo:

  1. Desenho Técnico Arquitetônico – Leitura e Interpretação
  2. AutoCAD 2011 2D Essencial
  3. AutoCAD 2011 Planta Baixa
  4. AutoCAD 2011 Exemplos Práticos de Plantas e Cortes
  5. AutoCAD 2012 2D Técnicas para Projeto de Interiores

Neste pacote de 5 cursos você conseguirá aprender desde o básico do desenho técnico arquitetônico até a criação de plantas detalhadas, bem como as técnicas de projeto de ambientes de interiores no AutoCAD. Para este pacote ainda indicamos que o curso inicial básico de AutoCAD, item 2 do pacote acima, seja feito na versão do software que está instalado em seu computador. Então se tiver a versão 2010 do AutoCAD poderá substituí-lo pelo Curso AutoCAD 2010 2D Exemplos Práticos.

Quem já passou desta etapa de conhecimento poderá partir para a área de criação do modelo em 3D. A vantagem é que através do 3D é possível apresentar ao cliente imagens que se assemelham bastante à construção final, facilitando assim a apresentação das ideias do seu projeto.

O 3D pode ser feito no próprio AutoCAD, ou também pode ser criado em softwares de animação ou outros, focados mesmo em arquitetura.

Abaixo sugerimos alguns pacotes e suas vantagens:

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

A Render Multimídia traz à você o curso CINEMA 4D R12 Fundamentos

Com uma das melhores interfaces de software 3D da atualidade, CINEMA 4D é um programa fácil de ser utilizado e com vários recursos.

Com este curso você terá conhecimento suficiente para iniciar desenvolvimento de projetos tanto para Modelagem quanto para Animações 3D.

Você aprenderá técnicas de modelagem, utilização de luzes, câmeras e sombras, aplicação de materiais e técnicas de renderização e animação.

Tudo isso com exemplos práticos para que você utilize as melhores ferramentas do software 3D mais utilizado para projetos cinematográficos.

Confira o Vídeo

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Perfil de Hardware para o SolidWorks: Placas gráficas

A placa gráfica é um elemento fundamental para termos um bom desempenho na utilização dos softwares CAD (Computer-aided design), tal como o SolidWorks. Ela gera maior estabilidade no sistema, prevenindo possíveis erros que possam encerrar o processo repentinamente. Além disso, ganhamos qualidade no desenvolvimento de renderizações.


Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Dicas para entrar no mercado de Maquete Eletrônica

Diante de tantas boas tecnologias disponíveis e o acesso a tanta informação sobre o assunto, por onde começar? Se eu tenho afinidade com a área, mas ainda não sei nada a respeito, onde me informar? Onde aprender as tecnologias? Qual tecnologia escolher?

A resposta não é tão simples, exige pesquisa e objetivo, mas sugiro algumas dicas que podem facilitar o caminho a ser seguido.

Serviços de maquete eletrônica e humanização de plantas sempre serão necessários e estão em constante evolução. Então, nunca é tarde para entrar nestas áreas. Quem deseja entrar, deve gostar da área de arquitetura / construção civil, desenho / design e estar sedento para sempre aprender e executar os serviços em um prazo quase que impossível. Um desafio constante e motivante!

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

O que havia de velho e novo no 3ds Max

Até a versão 2009 do 3ds Max, tínhamos um software muito poderoso, permitindo o desenvolvimento de filmes e games de forma eficiente. A partir da versão 2010, com a implantação do projeto XBr da Autodesk, uma série de melhorias e inovações seriam agregadas em doses homeopáticas no software. Neste artigo veremos um pouco sobre estas inovações e os benefícios que elas trarão para os projetistas, principalmente de mídia e entretenimento.

Interfaces 2009 e 2010

Interfaces 2009 e 2010

Na versão 2010 foi implementada a mudança na interface, certamente a mais aparente no software não seja a mais funcional. A interface foi atualizada para seguir a tendência adotada na maioria dos softwares no final desta década e deixou vários usuários espantados com tamanha inovação. É bastante contraditório, mas o que parecia ser uma característica pouco funcional, como escrevi acima, veio ao descontento de muitos usuários que estavam acostumados com a interface e o fluxo de trabalho anteriormente estabelecido. Mas nada que o andar da carroça não faça as, ou os, abóboras se ajustarem.
Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
1 2