SALA DE ENGENHARIA: Visão Geral da Conformação Plástica de Fixadores

A cadeia produtiva de fixadores metálicos roscados e rebites, através de conformação plástica, envolve ampla gama de processos de fabricação.

parafusos

Fonte: http://www.tecnoparbrasil.com.br/

 

De forma geral, a cadeia produtiva de fixadores por conformação plástica a frio se inicia com a escolha da matéria-prima, seguida de sua submissão a processos de tratamento térmico e tratamento superficial, visando torna-la apta às operações de conformação plástica a serem realizadas na sequência.

Dentre as operações de conformação plástica, pode-se citar a trefilação, realizada para reduzir a seção do material de partida; operações de forjamento, como por exemplo o recalque, que é aplicado comumente para formação da cabeça de fixadores; operações de extrusão, que possibilitam escalonar seções do fixador, criar pontas e outros detalhes; e operações de laminação de roscas.

Finalizadas as operações de conformação plástica, podem ser necessárias operações de usinagem, como por exemplo recorte de rebarbas, usinagem de roscas, usinagem de pontas e outros detalhes do fixador.

Realizadas as operações de remoção de material, o próximo passo é realizar o tratamento térmico necessário para que o fixador adquira determinadas propriedades mecânicas, imprescindíveis para sua aplicação.

Além do tratamento térmico, também podem ser aplicados revestimentos superficiais, os quais conferem propriedades superficiais específicas, como por exemplo resistência à corrosão, finalizando a cadeia de manufatura do fixador.

A Figura a seguir exemplifica uma típica sequência de fabricação de parafuso por conformação plástica a frio.
– Na etapa 1 pode-se visualizar o corte do material, previamente tratado superficialmente e trefilado.
– A etapa 2 compõem-se dos estágios necessários para a formação da geometria do fixador, através de operações de forjamento (recalque) e extrusão.
– A etapa 3 refere-se à criação de ponta, que pode ser feita através de operações de extrusão na etapa 2, ou através de processo adicional de usinagem, como exemplificado neste caso.
– A etapa 4 se refere à formação da rosca no fixador, sendo que, para parafusos conformados plasticamente é comum a aplicação do processo de laminação.
– Finalizada a criação da geometria do produto, ele é submetido a operações de acabamento, exemplificadas na etapa 5, as quais podem ser tratamentos térmicos e/ou tratamentos superficiais.

conformação a frio parafusosEtapas típicas na conformação plástica a frio de parafusos
Fonte: http://www.nedschroefmachinery.com/cold-and-warm-forming-technology/138/151/152/

 

Referências Bibliográficas:
KUMAR, Surender. Technology of Metal Forming Processes. New Delhi: Prentice-Hall, 2008.

LANGE, Kurt. Handbook of Metal Forming. 1 ed. Michigan: McGraw-Hill, Inc, 1985.

 

Rosenilda Rodrigues de Souza
___________________________
Engenheira Mecânica

br.linkedin.com/in/rosenildasouza

Related Posts with Thumbnails

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *