Category Archives: Eletronica

Circuit Wizard – Um novo e revolucionário simulador

Após o advento dos simuladores para circuitos eletrônicos, houve um grande avanço na área tecnológica. A elaboração de projetos tornou-se muito prática, minimizando tempo e custo.

Porém, existe uma grande variedade de softwares que podem ser aplicados à simulação de circuitos e, com isso, surge a dúvida de qual o melhor programa a ser utilizado. Embora, nos dias de hoje, torna-se imprescindível ao profissional do ramo da eletrônica conhecer outros simuladores.

Dentre os “softwares” de maior destaque, encontramos o Multisim da National Instruments, uma das ferramentas mais populares entre os projetistas de circuitos eletrônicos.

Diante das inovações, não podemos deixar de destacar a tecnológica CAD/CAM, que corresponde à integração das técnicas CAD e CAM em um sistema único e completo.

O termo CAD (Computer Aided Design – Desenho Assistido por Computador) pode ser definido como sendo o processo de projeto que se utiliza de técnicas gráficas computadorizadas, através do uso de programas (software) de apoio, auxiliando na resolução dos problemas associados ao projeto.

A sigla CAM (Computer Aided Manufacturing – Fabricação Assistida por Computador) refere-se a todo e qualquer processo de fabricação controlado por computador.

Com a associação da tecnologia CAD/CAM, projetamos um componente na tela do computador e transmitimos a informação por meio de interfaces de comunicação entre o computador e um “hardware”.

Utilizando esses sistemas, reunimos a execução de diversas atividades relacionadas ao processo produtivo, compreendendo desde o projeto mecânico (CAD) até a geração automática das trajetórias das máquinas CNC (CAM).

O simulador Circuit Wizard, desenvolvido pela empresa britânica NWC (New Wave Concepts), é um novo e revolucionário sistema que combina design de circuitos, elaboração de layouts de circuito impresso (PCI), autorroteamento, visualizador 3D real, uma extensa biblioteca com mais de dois mil componentes analógicos e digitais, simulação e CAD/CAM em um pacote completo.

 

PIC Microcontroladores utilizando o Circuit Wizard

PIC Microcontroladores utilizando o Circuit Wizard

 

Ao utilizar o Circuit Wizard, mesmo que não haja um “hardware” utilizando o microcontrolador Genie (que é um sistema de programação de microcontroladores de baixo custo projetado exclusivamente para educação) para testar o protótipo do circuito, é possível efetuar a simulação utilizando as placas (microcontroladores) via software disponíveis no programa.
Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Softwares para o desenvolvimento de circuito impresso

Um dos grandes problemas com que nos deparamos ao montar qualquer projeto é a elaboração do layout e da placa de circuito impresso.

Primeiramente, precisamos de um software para criação do layout e, em seguida, necessitamos conhecer as técnicas utilizadas para a criação da placa de circuito impresso, e assim, aplicá-las.

Layout de placa de circuito impresso

Layout de placa de circuito impresso

Embora existam processos manuais para a elaboração de PCIs (com uso de caneta especiais), em casos mais complexos, esse recurso deixa a desejar.

Projetos com parâmetros específicos para a sua construção necessitam de um software para criação dos layouts. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Sensores e suas utilidades

Uma central de alarme é um equipamento eletrônico destinado à proteção de um determinado local. A central é acionada por sensores caso haja uma intrusão em uma área. Existem as centrais convencionais e as monitoradas. A grande diferença é que as centrais monitoradas permitem o monitoramento constante, o que não ocorre com a central convencional. Na central monitorada, um alerta é enviado para o software de monitoramento que, por sua vez, é instalado em empresas de segurança 24h, sendo que essas ficam responsáveis por verificar quaisquer indícios de alerta informados pela central.

 

Nas cercas elétricas, o eletrificador de cercas converte a energia elétrica da Rede 110/220V de alta corrente para alta voltagem 6 a 10.000 Volts e baixa corrente (0,1mA). Embora você não o veja, o “coração” da cerca elétrica é o eletrificador, aparelho que gera o choque transmitido por toda fiação. Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Estabilizador de tensão: usar ou não usar em seu computador?

A resposta de pelo menos 90% dos usuários de computador é a mesma:  sim, devemos utilizar, pois ele estabiliza a tensão e protege o computador.

Estabilizador vs Fonte

A função do estabilizador é essa mesma, na teoria. Porém na prática ele não serve pra “nada”. Ok, Ok, pra nada não, ele serve pelo menos como um extensor de tomadas.

Bom, mas nem sempre foi assim. As fontes antigas conhecidas como padrão AT, não eram tão eficientes como as atuais, por isso era necessário a utilização de estabilizadores, esse é um dos motivos desses aparelhos serem utilizados até hoje.

Mas, com a criação das fontes padrão ATX, a utilização dos estabilizadores não se faz necessária. O motivo é bem simples: essas fontes já conseguem estabilizar a tensão por si só, e com muito mais eficiência que um estabilizador.

As fontes trabalham com uma faixa de frequências de 50 a 100kHz, ou seja, quando há uma oscilação na tensão, a fonte gasta entre 10 e 100 microssegundos para identificar e corrigir.

Esse tempo de demora é extremamente maior em um estabilizador, isso ocorre porque estabilizadores trabalham com Chaves Eletrônicas ou Relés Eletromecânicos, por isso, você pode ouvir alguns “tec tec tec” em seu estabilizador,  o que indica que ele está trabalhando para tentar estabilizar a tensão.

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Simuladores, um grande avanço para a eletrônica

Em 1972, o Departamento de Engenharia Elétrica e da Ciência da Computação (EECS), da Universidade da Califórnia, Berkeley, publicou a primeira versão do SPICE (Simulation Program with Integrated Circuit Emphasis). O programa SPICE foi desenvolvido originalmente para propiciar aos projetistas de circuitos integrados analógicos a possibilidade de testar seus projetos em uma bancada virtual de laboratório.

Na eletrônica, podemos trabalhar sem tais softwares, mas certamente eles facilitam nossa vida, pois com a simulação não há o risco de ocasionar danos aos circuitos.

Simulação de Circuito no Multisim

No caso específico do projeto de circuitos integrados, a simulação é uma das mais importantes ferramentas de que dispõe os projetistas. A simulação pode ser utilizada para testar virtualmente qualquer circuito eletrônico.

Atualmente, o SPICE é largamente utilizado para praticamente todas as áreas da eletrônica, tornando-se uma ferramenta imprescindível para estudantes, projetistas e engenheiros eletrônicos.

Read more

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
1 2 3